ESTUDO E MINIMIZAÇÃO DE PARALISAÇÕES PROVOCADAS POR AFUNDAMENTOS TRANSITÓRIOS DE TENSÃO

27 de março de 2019 - 4 minutes read

O trabalho foi realizado para uma multinacional que produz grandes construções e produtos através do cimento. Recentemente, a empresa esteve com empecilhos de produtividade em uma fábrica de cimento. A SENIOR elaborou um estudo técnico para minimizar as paralisações da planta industrial, decorrentes de variações na tensão (piques de energia também denominadas de afundamentos ou mergulhos de tensão) que ocorrem no sistema de energia elétrica da concessionária, durante período de descargas atmosféricas, apontando medidas mitigadoras.

estudo de qualidade de energia em instalações elétricas industriais

 

Sobre o cliente

A companhia atendida pela SENIOR produz grandes obras de concreto e atua em diversas etapas da produção relacionada a este material. Com essa grande gama de atividades, a empresa precisa garantir o bom funcionamento de suas instalações industriais. No entanto, uma de suas plantas vinha sendo impactada por VTCD’s (variação de tensão de curta duração), que provocam desligamentos frequentes, trazendo impactos produtivos.

Havia incidência de um número significativo de desligamentos de cargas (operações intempestivas) no sistema elétrico da fábrica de cimento, principalmente durante períodos de descargas atmosféricas, especialmente nos meses de dezembro.

 

Como a SENIOR ajudou

Diversos sistemas elétricos nas empresas do setor industrial têm sofrido com desligamentos ocasionados por descargas atmosféricas que provocam falhas nos equipamentos sensíveis. São comuns as paralisações decorrentes de oscilações de tensão em função de distúrbios (qualidade de energia). Soluções simples que minimizam estas paralisações podem ser incorporadas à planta. Para isto, a SENIOR tem estudado e implementado melhorias no desempenho dos sistemas elétricos, atuando tanto nas causas quanto nas consequências destas interrupções.

Neste caso, a SENIOR desenvolveu o diagnóstico para mitigar essas falhas para que, após a implantação das medidas, houvesse uma melhora de desempenho frente a esse fenômeno. Foram realizados serviços na área de qualidade de energia, objetivando minimizar paralisações intempestivas nas instalações.

Desenvolveu-se as seguintes atividades:

  1. Levantamento de dados em campo, para o fornecimento de características do sistema elétrico de alimentação da concessionária de energia, tais como os níveis de tensão de fornecimento e defeitos prolongados e de curta duração, devidos a perdas em equipamentos de regulação, ou a curto-circuito no sistema elétrico;
  2. Análise de medições de grandezas elétricas;
  3. Reunião ou tratativas com a CEMIG-D;
  4.  Estudo técnico e elaboração de relatório, com o objetivo de verificar se todos os motores da planta eram capazes de repartirem, simultaneamente. Além disso, analisou-se que áreas deveriam ser priorizadas para serem reaceleradas, e áreas a serem rejeitadas. Analisou-se também o comportamento do sistema de controle (PLC’s, SDCD’s e outros componentes existentes) e dos contatores dos motores de média e baixa tensão durante perturbações de curta duração no sistema da concessionária.

Resultados alcançados:

O estudo foi realizado com sucesso. Foi elaborada uma carta de recomendação para a implantação das medidas na planta industrial que atualmente estão entrando em processo, o qual a SENIOR tem tido a satisfação de discutir a respeito com o cliente. A previsão é a de que os problemas de desligamentos ocorridos na fábrica sejam minimizados e a empresa alcance sua maior produtividade.

 

ENTRE EM CONTATO